Prédios da prefeitura terão Síndico do Aedes Prédios da prefeitura terão Síndico do Aedes

A prefeitura de Cachoeiro adotou nova medida para reforçar o combate ao mosquito transmissor da dengue, zika, chikungunya e febre amarela urbana: todos os prédios públicos municipais passam a contar com o Síndico do Aedes.

O anúncio foi feito nesta semana, durante reunião do comitê intersetorial que acompanha as ações articuladas para prevenção dessas doenças.
As secretarias municipais vão escolher um servidor que vai coordenar as atividades em seu local de trabalho e registrá-las em um checklist semanal. Quem reúne a listagem é a Vigilância Epidemiológica, ligada à Secretaria Municipal de Saúde (Semus). O setor fará relatórios mensais com base nesse material.

De acordo com a gerente de Vigilância Ambiental da prefeitura, Daniele Paschoal, a intenção é fomentar gradativamente o projeto Sexta sem Aedes, lançado neste ano pela Semus para estimular, nesse dia da semana, ações de combate à dengue nas ruas, empresas e residências.

A estreia dos síndicos ocorre nesta sexta-feira (19), em escolas, unidades de saúde, centros de atendimento social e outros prédios municipais. "Após algumas semanas de avaliação da iniciativa, nossa intenção é buscar a expansão para prédios ligados a outros órgão públicos", salienta Paschoal.

Voltar ao Topo

COMPARTILHAR