Antes do Brasil, Messi fala sobre azar na seleção e elogia Cristiano Ronaldo Antes do Brasil, Messi fala sobre azar na seleção e elogia Cristiano Ronaldo

Lionel Messi considera que falta algo na seleção argentina: sorte. Em entrevista à ESPN na China, na véspera do amistoso de sexta-feira contra o Brasil, o atacante do Barcelona indicou que o azar em momentos decisivos impediu que a Argentina vencesse as três últimas finais que disputou -- das Copas América de 2015 e 2016 e da Copa do Mundo de 2014.

Situação diferente é a que viveu o português Cristiano Ronaldo, campeão da Eurocopa por sua seleção em 2016. Na entrevista em questão, Messi negou que ele e CR7 alimentem uma rivalidade entre si, e fez elogios ao atacante do Real Madrid, favorito a levar a Bola de Ouro e o prêmio "The Best" da Fifa após conquistar o bicampeonato da Liga dos Campeões.

- (A rivalidade) É algo armado mais pela imprensa do que por nós. Cada um tenta fazer seu melhor. Cristiano Ronaldo é um jogador fenomenal que tem muitas qualidades. Supera-se ano após ano, por isso é um dos melhores do mundo - declarou Messi.

PUBLICIDADE

O amistoso contra a seleção brasileira, nesta sexta-feira, marca a estreia do técnico Jorge Sampaoli no comando da Argentina e representa uma oportunidade importante para levantar a confiança da equipe. Atualmente na quinta colocação das eliminatórias da Copa de 2018, que retornam em agosto, a Argentina precisa ganhar posições para não correr risco de ficar fora do Mundial.

Messi afirmou à "ESPN" que acredita no histórico recente de recuperações da seleção argentina, após os jogadores se virem instados a dar a volta por cima três vezes diante de derrotas em finais.

- Estivemos perto da vitória em finais três vezes, mas perdemos por detalhes. Creio que não tivemos sorte nos momentos-chave. Não é fácil levantar-se depois de perder uma final, mas o fizemos - avaliou.

Voltar ao Topo

COMPARTILHAR