Usain Bolt anuncia aposentadoria das pistas de corridas Usain Bolt anuncia aposentadoria das pistas de corridas

Houve um tempo em que a Jamaica tinha tantos atletas voando que o principal nome do país podia se dar ao luxo de correr apenas a final do revezamento. Mas a fartura de velocistas do país em grande forma não se viu no Mundial de Londres.

Para minimizar o risco de ficar fora da final do 4x100m masculino, Usain Bolt foi convocado pela 1ª vez na carreira para disputar também a classificatória. Último homem do quarteto caribenho, cumpriu seu papel para garantir a vaga na final com 37s95, terceiro tempo geral.

- Não há palavras para descrever como estou me sentindo. Recebo muito apoio do público e agradeço muito por isso. Sobre os jovens corredores no nosso time, é só sobre executar e passar pela corrida por eles - disse Bolt.

Os Estados Unidos, que venceram a primeira bateria, repetiram o desempenho do time feminino e assumiram a liderança do ranking mundial com 37s70. A Grã-Bretanha ficou em segundo. França, China, Japão, Turquia e Canadá levaram as vagas restantes.

A disputa por medalhas do 4x100m será a última prova da carreira de Usain Bolt, que buscará o pentacampeonato no evento. Está marcada para 17h50 (horário de Brasília) e encerrará o programa de eventos no Estádio Olímpico neste sábado.

 

Voltar ao Topo

COMPARTILHAR