Ifes abre 3.726 vagas em cursos técnicos e de especialização técnica Ifes abre 3.726 vagas em cursos técnicos e de especialização técnica

O Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes) está com inscrições abertas para 3.726 vagas em cursos técnicos e de especialização técnica. As aulas começam no primeiro semestre de 2018. São três editais, com oferta de cursos técnicos integrados, concomitantes, subsequentes, Proeja (para jovens e adultos) e especialização técnica. Metade das oportunidades é destinada a ações afirmativas, que este ano também prevê a reserva de vagas para pessoas com deficiência. As inscrições vão até 5 de novembro.

O edital 01/2018 reúne vagas dos cursos integrados, concomitantes e subsequentes. Nos integrados, são 2.356 oportunidades. Podem concorrer os estudantes que estejam concluindo o ensino fundamental este ano. Nessa modalidade, o estudante cursa tanto o ensino médio como o técnico no Ifes, não sendo possível obter o diploma de um sem completar o outro.

Os cursos técnicos concomitantes são voltados a quem já está no ensino médio em outra escola e pretende fazer a formação técnica no Ifes. A série da concomitância varia de acordo com o curso. Estão abertas 884 vagas. Já para os cursos subsequentes, há 236 vagas, que são voltadas a quem já concluiu o ensino médio.

No caso dos cursos do Proeja, ofertados no edital 02/2018, o currículo é integrado, mas podem concorrer apenas jovens e adultos com 18 anos ou mais, que não tenham concluído o ensino médio. Há 210 vagas. Há um novo curso: Qualificação Profissional em Eletricista Instalador Predial de Baixa Tensão, do Campus Serra.

O edital 03/2018 tem 40 vagas em um novo curso oferecido no Campus Vila Velha: Sustentabilidade Ambiental e Inovação. Podem concorrer os candidatos que tenham formação técnica de nível médio nesse eixo tecnológico, ou que estejam concluindo o curso técnico até o final de 2017.

Taxa e isenção

Para os cursos do Proeja, do edital 02/2018, não há cobrança de taxa. Já para participar das seleções de cursos técnicos e de especialização, ofertados nos editais 01/2018 e 03/2018, é necessário quitar a taxa de inscrição de R$ 68 até o dia 7 de novembro.

É possível solicitar a isenção da taxa, até o dia 25 de outubro. Têm direito à isenção os candidatos que tenham estudado as duas últimas séries do ensino fundamental (para os cursos integrados e concomitantes) ou as duas últimas séries do ensino médio (para os cursos subsequentes e especialização técnica) em escola pública.

Também poderão solicitar a isenção os que estudaram essas séries em escola particular como alunos bolsistas em função de carência socioeconômica, ou que tenham feito curso equivalente em estabelecimento da rede pública de ensino, com aprovação final, até a data da matrícula.

A documentação comprobatória desses requisitos deverá ser enviada para o campus de interesse do curso, ou entregue pessoalmente, até o dia 25 de outubro. Os candidatos que tiverem a isenção negada (indeferida) deverão pagar a taxa caso queiram permanecer inscritos no processo seletivo.

Inscrições

Os cursos do Proeja têm inscrições presenciais, em cada campus onde são ofertados. É preciso levar a documentação listada no edital. Já nos editais 01/2018 e 03/2018, para efetuar a inscrição, é preciso ter o Cadastro de Pessoa Física (CPF) próprio e documento de identificação civil. O candidato deve clicar no link do sistema de inscrições disponibilizado na página de cada edital. Em seguida, deve preencher, integral e corretamente, o formulário on-line e imprimir a GRU no valor de R$ 68 – ou solicitar a isenção. A GRU deve ser paga até 7 de novembro para que a inscrição seja efetivada.

No edital 01/2018, a certidão de nascimento somente será aceita como documento de identificação civil caso o candidato não tenha nenhum outro e siga o procedimento descrito: preencha o número da certidão de nascimento no sistema de inscrição, junto com todos os outros dados pedidos; e procure um dos campi do Ifes, levando até o dia 17 de novembro o cartão de identificação gerado pelo sistema, uma foto 3x4 de frente e recente e a certidão de nascimento.

Aqueles que desejam concorrer às vagas de ações afirmativas devem ficar atentos para indicar por meio de qual ação desejam concorrer. Além disso, devem se atentar aos documentos comprobatórios que precisarão entregar posteriormente. As respostas ao questionário socioeconômico não são documento comprobatório.

 

Cachoeiro de Itapemirim

Eletromecânica Integrado e Concomitante

Informática Integrado e Concomitante

Mineração Concomitante

 

Voltar ao Topo

COMPARTILHAR