Madrasta de Isabella Nardoni deixa prisão para passar Dia das Crianças em casa Madrasta de Isabella Nardoni deixa prisão para passar Dia das Crianças em casa

Anna Carolina Jatobá deixou a penitenciária Santa Maria Eufrásia Pelletier pela primeira vez após receber o benefício de saída temporária para o Dia das Crianças. Presa desde 2008, a madrasta de Isabella Nardoni conseguiu a progressão de regime para o semi-aberto em julho, o que tornou candidata à permissão de passar feriados em casa.

Ela saiu do presídio de Tremembé por volta de 8h desta quarta-feira e precisa retornar até as 17h de segunda-feira.

Anna Carolina Jatobá foi condenada a 26 anos e 8 meses pela morte da enteada Isabella Nardoni, então com 5 anos, ao lado do marido Alexandre Nardoni.

Ele não cumpre os requisitos para receber o benefício. Em tese, ele só poderá pedir o "saidão" à Justiça a partir julho de 2019. A madrasta, por sua vez, já cumpriu um sexto da pena e está em regime semiaberto.

Mãe de dois filhos de 10 e 12 anos, Anna Carolina deve passar o feriado com as crianças, que moram com a família dela em São Paulo. A madrasta sempre negou a autoria do crime e, em conversa com assistente social na cadeia, destacou que "não se sentia culpada nem arrependida, porque era inocente".

Sob a justificativa de que cumpre no presídio suas tarefas disciplinares de forma satisfatória e diante de um laudo psicológico afirmando que a chance de cometer novo crime é “nula”, Anna Carolina obteve progressão de regime em julho. Com isso, ela passou a ter direito a cinco saídas temporárias por ano em datas comemorativas, com autorização do presídio.

Voltar ao Topo

COMPARTILHAR