Em tentativa de executar rival Em tentativa de executar rival
Um bebê de 6 meses morreu na noite dessa quarta-feira após ser baleado no peito, no bairro Pici, em Fortaleza. De acordo com o Hospital Frotinha de Antônio Bezerra, para onde foi encaminhado, ele foi atingido numa região do peito próxima ao coração, mas não resistiu aos ferimentos.
 A mãe da criança, Gorete Fernandes Pitanga, de 23 anos, foi socorrida com ferimentos leves e já recebeu alta.
 
O delegado Otávio Coutinho, da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) da capital do Ceará, afirmou que o pai da vítima tem antecedente criminal por tráfico de drogas. Coutinhho contou que, pelo que indicaram as diligências, Gabriel Silva Nunes percebeu que homens de uma facção rival se aproximavam da casa onde ele se encontrava no segundo andar, e escapou. 
Naquele mesmo momento, por volta das 21h45, o filho dele estava no colo de Gorete, que estava sentada na frente da residência. 
— Pelo que pudemos levantar no local de crime, a mãe agiu numa tentativa de proteger a criança. Mas o menino acabou sendo baleado na região do tórax. Ela própria levou um tiro no braço. O objetivo era executar o pai, numa demonstração de poder, mas certamente dispararam para atingir a criança, ou pelo menos a mãe, uma vez que o pai do menino fugiu — disse o delegado.
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Voltar ao Topo

COMPARTILHAR