Controladoria de Cachoeiro faz balanço das ações de 2017 Controladoria de Cachoeiro faz balanço das ações de 2017!

Em 2017, a prefeitura de Cachoeiro saltou do 34º para o 6º lugar no ranking de transparência dos municípios capixabas. E esse resultado teve grande contribuição da Controladoria Geral do Município (CGM), cujas atividades foram elencadas em relatório anual do órgão.

Dentre as ações, destaca-se o lançamento do novo portal da transparência, desenvolvido em colaboração com a Secretaria Municipal de Fazenda (Semfa) e a Companhia de Tecnologia da Informação de Cachoeiro de Itapemirim (Dataci). O Transparência Cachoeiro é mais moderno que a versão anterior do site e apresenta recursos para facilitar o acesso da população a dados da administração municipal, o que inclui contracheques de servidores, receita municipal e despesas detalhadas.

A CGM também deu impulso aos seus trabalhos de controle interno elaborando propostas de normatização para maior equilíbrio nas despesas, auditoria de contratos de prestação de serviços, acompanhamento da execução orçamentária e finaceira e análise prévia de processos licitatórios e de pagamentos em geral.

A Controladoria realizou, ainda, atividades de conscientização e qualificação importantes. Uma delas foi o concurso cultural #NãoCurtoCorrupção, no qual, em parceria com as secretarias municipais de Educação (Seme) e Cultura (Semcult), foram trabalhados assuntos relacionados a ética, controle social e cidadania com alunos de Ensino Fundamental do município. Os estudantes tiveram que produzir trabalhos artísticos, e os melhores foram expostos no hall de entrada do Palácio Bernardino Monteiro.

Houve, além disso, a palestra Transparência na Gestão Pública, com ênfase na Lei de Acesso à Informação, ministrada por Edmar Camata, secretário-geral da ONG Transparência Capixaba. O evento foi direcionado a secretários municipais, gerentes, coordenadores e vereadores.

Ouvidoria Municipal

A Ouvidoria Municipal, órgão diretamente ligado à CGM, passou por um processo de reestruturação de seu sistema em 2017. Isso resultou no aumento na taxa de conclusão dos pedidos feitos.

No segundo semestre do ano, foram realizados os dois primeiros encontros de capacitação dos ouvidores setoriais de todas as secretarias municipais - servidores responsáveis por dar suporte à Ouvidoria Municipal com relação às demandas específicas dos cidadãos aos órgãos da prefeitura.

O treinamento, que terá continuidade em 2018, faz parte do processo de implantação do projeto Ouvidoria Humanizada, que visa a melhoria dos índices de atendimento às demandas dos cidadãos. A ideia é fazer com que o trabalho do órgão não se restrinja ao atendimento de demandas, mas sirva também como um canal de relacionamento entre Ouvidoria, ouvidores setoriais e cidadãos, proporcionando melhor entendimento dos direitos e deveres de cada um.

Voltar ao Topo

COMPARTILHAR