Garoto chinês chega à escola com cabelos congelados pelo frio Garoto chinês chega à escola com cabelos congelados pelo frio
A imagem de um garoto chinês chegando à escola com os cabelos congelados viralizou e chamou a atenção para o sofrimento das famílias pobres no intenso frio que atinge a China.
 
Após caminhar uma hora e meia em uma temperatura de 9ºC negativos, Wang Fuman, de oito anos, ficou com os cabelos, as sobrancelhas e os cílios congelados, além das mãos machucadas pelo frio. 
 
Ele mora na zona rural de Ludian, na província de Yunnan, no sudoeste do país.
 
A foto foi tirada por uma professora. O diretor da escola disse que o menino é ótimo aluno em matemática e tira notas altas.
 
Depois que a imagem rodou o mundo, a escola recebeu doações de agasalhos e dinheiro para melhorar o aquecimento do edifício.
Voltar ao Topo

COMPARTILHAR