Esquerda propõe 'barreira humana' contra prisão de Lula Esquerda propõe 'barreira humana' contra prisão de Lula!
O PT divulgou nota na madrugada desta quinta (5), após o julgamento que rejeitou o habeas corpus preventivo ao ex-presidente Lula, em que afirma que o dia foi "trágico para a democracia e para o Brasil".
O partido criticou a presidente do Supremo, Cármen Lúcia, por pautar o julgamento do caso específico de Lula, mas não as ações que poderiam barrar prisões de condenados em segunda instância. Para o PT, ela "determinou mais um procedimento de exceção".
O direito de aguardar recursos em liberdade, afirma, "fatalmente voltará a valer para todos, não valeu hoje para Lula".
O partido afirma ainda que defenderá a candidatura de Lula a presidente "em todas as instâncias, até as últimas consequências".
Voltar ao Topo

COMPARTILHAR