Pastor fica só de cueca durante assalto Pastor fica só de cueca durante assalto!
Um pastor, de 34 anos, que trabalha como motorista de aplicativo, contou que ficou só de cueca, após ter o carro roubado, em Vila Velha, na tarde dessa segunda, 9. O veículo, um Symbol prata, foi recuperado ontem à tarde, mas os bandidos não foram localizados.
Sem se identificar, o pastor, que atua em uma igreja evangélica na Serra e também faz corridas por aplicativo, contou que foi rendido após uma carona, na avenida Vitória, em Jucutuquara, na capital, às 4 horas de domingo.
“Eu tinha parado o veículo para aceitar corridas do aplicativo, quando uma mulher que passava na avenida abriu a porta do carona e já foi entrando. Disse que precisava de uma carona. Falei que só poderia levar ela até um pouco mais adiante, porque tinha uma corrida”, contou.
Segundo o pastor, a mulher ofereceu um programa, mas ele recusou. Próximo da praça do bairro, ele pediu que ela saísse. Porém, outra mulher, armada com uma faca, abriu a porta de trás do carro e entrou.
O pastor reagiu e foi ferido com um corte na mão esquerda. As duas fugiram com o celular e a carteira dele. Antes de deixar a região, o pastor também foi abordado por um homem, simulando estar armado. Ele assumiu a direção do carro e disse que iria ajudá-lo a recuperar o celular.
 
“O homem surgiu do nada dizendo que era o 'patrão' e que iria ajudar a recuperar o celular. Ficou rodando comigo por Vitória, deu carona a um cúmplice e me levou para Vila Velha, até uma rotatória em Itaparica. Lá, disseram: 'Infelizmente, me disseram que é para te matar. Mas como eu não mato pastor, tira a roupa e foge'”, relatou a vítima.
 
Só de cueca, o pastor correu e se escondeu dentro do mato, enquanto os bandidos fugiram no carro. Assim que viu um ciclista passar, pediu ajuda e acionou a polícia.
Voltar ao Topo

COMPARTILHAR